Como fazer uma carta para o processo seletivo de bolsistas?

Como vocês já sabem, um dos requisitos necessários para o processo seletivo de bolsistas é trazer uma carta escrita a próprio punho. Conforme o item 3.3 do edital:

3.3 – Carta escrita a próprio punho, em lauda comum, com exposição dos motivos e
interesses na bolsa de estudos, no Cursinho do DCE;

Mas afinal, o que você deve escrever nessa carta?!


No geral, nós  queremos conhecer um pouco mais da sua história de vida. Tente nos contar de onde você é, onde estudou, como sua família se sustenta, porque quer ser um aluno bolsista do Cursinho do DCE e qualquer outra coisa sobre sua rotina que seja interessante para o processo. Lembre-se de ser objetivo (a), escreva sinceramente sobre os motivos pelos quais você precisa e não tem condições de se preparar para o Enem 2018.

Além disso, é importante lembrar que a carta já deve estar pronta no ato da inscrição. Use papel simples da sua preferência, com linhas ou não, e tente ser o mais legível possível. Se você acha que sua caligrafia cursiva pode ser difícil de interpretar, considere a possibilidade de escrever em letra de forma (isso não afeta de forma alguma o desempenho no processo seletivo).

Dica: Antes de começar a escrever sua carta, planeje seu texto separando os tópicos mais importantes que deseja abordar.

Boa sorte :)
Como fazer uma carta para o processo seletivo de bolsistas? Como fazer uma carta para o processo seletivo de bolsistas? Reviewed by Desconhecida on maio 23, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.